Um dos problemas que mais atinge nossa saúde bucal é a cárie. Além de causar buracos bem feios e lesões estruturais nos dentes, essa terrível vilã pode acabar com a estética de um belo sorriso. "A cárie é uma doença infecciosa crônica e que surge através de muitos fatores, ou seja, não é só porque você não come bala e doces que estará livre dela", alerta a dentista Elis Regina Almeida.

Para evitar isso, precisamos, claro, cortar o excesso de açúcar que comemos. Mas adotar uma higiene mais rigorosa pode contar muitos pontos a favor do seu sorriso. Que tal começar agora? Acompanhe nossas dicas para mandar para bem longe as chances dessas bactérias fazerem festa na sua boca.

Controle o açúcar

Balas, refrigerantes, chocolate ou até mesmo o açúcar branquinho do café precisa ser evitado. Todos eles causam danos sérios nos dentes, não só pelo risco de ficarem amarelados, como o surgimento da placa bacteriana, um dos sintomas da cárie. "O açúcar refinado é o mais cariogênico, seguido pela frutose (açúcar presente nas frutas) e glicose (encontrada principalmente em pães e massas) . O amido ( formado por glicose e maltose) é menos cariogênico que as demais", explica Elis.

Não é preciso cortar de uma vez por todas, mas determine os dias que irá comer evitando os excessos. Aquela famosa mania de "beliscar" um docinho todo dia após o almoço precisa acabar. A profissional dá a dica para avaliar o risco da cárie através de 2 fatores. "Quantidade: quanto maior a ingestão de açúcar, maior o risco de cárie. E consistência: quanto mais pastoso, mais cariogênico é o alimento".

Tenha uma alimentação saudável

Não basta apenas largar os doces, é preciso adotar uma alimentação que ajude a prevenir essa inimiga bucal. Por isso, alimentos que contém cálcio, como leite, iogurte e vegetais são ricas fontes deste mineral. Além disso, algo que também ajuda muito são alimentos saudáveis crus e crocantes, o aipo e a cenoura são bons exemplos. Eles são excelentes para limpar os dentes, já que suas fibras varrem toda a sujeira. "A maçã, por exemplo, apesar de ser ácida, limpa bem a cavidade oral", indica a profissional de saúde.

Trio da limpeza

Agora que você já adequou sua alimentação para algo mais saudável e equilibrado, ótimo! Porém, não para por aí. Seu sorriso precisa de cuidados e isso inclui, principalmente, a higiene bucal. "Fique atento a todos os elementos em todas as faces, tirando toda a sujeira entre os dentes com o fio dental", comentou Elis. Em seguida, uma escovação bem caprichada e o bochecho com enxaguante. Para tornar este momento higienico mais eficaz, nada melhor do que utilizar produtos que aumentam a prevenção da cárie, como um creme dental antiáçúcar que elimina o problema diretamente, neutralizando o efeito nocivo do açúcar.

Boca seca, não!

Esse é um dos principais problemas da falta de saliva, proteção natural da nossa boca contra as cáries. Ela ajuda a dissolver os alimentos impedindo a formação da placa bacteriana nos dentes. Para fugir deste problema é necessário beber, em média, dois litros de água por dia e comer alimentos fibrosos e saudáveis, como frutas. Mascar chiclete sem adição de açúcar também ajuda bastante na produção de saliva, além de não causar cárie. Se o problema persistir, é melhor consultar seu dentista.

Visite seu dentista

Falando nele, que tal fazer uma visita de vez em quando? Seu dentista é um grande aliado na luta contra as cáries. Só este profissional passará todas as dicas sobre como evitar este problema bucal fazendo exames e, se preciso, tratando o problema, como explica Elis. . "Em crianças e em dentes de leite existem técnicas mais conservadoras, desde que não exista comprometimento pulpar. Em adultos é analisado o grau de comprometimento pulpar, para depois definir o tipo de tratamento e material restaurador para aquela cárie", finaliza. Desta forma seu sorriso ficará em dia e protegido dos problemas bucais mais temidos.