O batom é um dos itens que não podem faltar na bolsa das mulheres. Além de embelezar os lábios, ele ajuda na proteção da boca. Mas o que muitos não sabem é que o uso desse item pode ser um dos principais fatores de contribuição para a saúde bucal. Apesar disso, o costume de se compartilhar diversos tipos de maquiagens se aplica até mesmo no batom, mas será que o hábito é realmente saudável? Conversamos com a dentista Stella Palhares que mostra a maneira certa de se utilizar essa maquiagem e quais os benefícios ele pode trazer.

Como o batom pode proteger os lábios?

O batom pode ser considerado além de um item de beleza, conforme reforça a dentista. “O produto pode ajudar a proteger a região labial contra a ação dos raios UVA e UVB, prevenindo até mesmo o câncer de boca”, diz. Além disso, ele ajuda a identificar diversos tipos de problemas bucais, como a alteração da quantidade ou qualidade da saliva. Isso pode ser observado, por exemplo, em pessoas que sempre mancham os dentes com o batom após usá-lo, já notou? Isso acontece por conta de uma alteração na saliva, pois quando está normal, a saliva forma um filme protetor ao redor dos dentes, o que impede o surgimento das manchas.

Um batom compartilhado pode transmitir doenças? Veja como!

Quem nunca pediu o batom da amiga emprestado ou emprestou o seu. Acontece que o que era para ser apenas uma gentileza, pode trazer grandes perigos para a saúde bucal. A maquiagem leva consigo fungos, vírus e bactérias de quem o utilizou pela última vez para outra pessoa. Essa troca pode resultar na transmissão de doenças infectocontagiosas, como a candidíase, conhecida como “sapinho”, o herpes labial, mononucleose e gengivites. A dentista adverte: “É importante que essa maquiagem seja de uso íntimo e não deve ser compartilhada de maneira alguma com diversas pessoas”.

Há contraindicações para o uso de batom?  

O uso de batom só é contraindicado para as pessoas que possuem alergia aos seus componentes básicos, como o chumbo, o alumínio e o óxido de titânio que funciona como agente branqueador e transforma a coloração vermelha em rosa. "De acordo com as agências reguladoras, as quantidades dessas substâncias presentes nos batons não são nocivas à saúde, tornando o batom indicado para todos os tipos de organismo, porém o recomendado é ficar atento para qualquer reação alérgica que seu corpo possa ter”, comenta a profissional. Por isso, ao notar qualquer sintoma, suspensa o uso da maquiagem e consulte seu dentista para checar o que está acontecendo.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Stella Palhares - Pós-graduada em Endodontia e especialista em Dentística Estética
Ribeirão Preto - SP
CRO-SP 71.220