Faz um tempinho que você vem notando que seu dente está maior do que o normal. Não que ele tenha crescido, mas a sua gengiva retraiu e fez com que a parte escondida pela mucosa aparecesse. Esse cenário, conhecido como retração gengival, é cercado por vários mitos e verdades. Será que a doença causa mau hálito? Dá sensibilidade dentária? Pensando nisso, o Sorrisologia convidou o dentista Max Ferreira para desvendar todos os mistérios que envolvem o assunto.

A retração gengival é um problema irreversível?

Verdade. O profissional ressalta que a retração gengival é irreversível. "Uma vez que ela se inicia, o ideal é procurar ajuda profissional para evitar a sua progressão". Para tratar o problema e evitar que a gengiva fique escondida, existem algumas técnicas cirúrgicas dentro da Periodontia para tratamento das retrações. Mas o sucesso do procedimento vai depender muito do profissional que realizar a cirurgia.

A retração não causa sensibilidade?

Mito. A retração gengival causa aumento na sensibilidade. Tudo por conta da exposição da parte do dente que, antes, era coberta pelo tecido gengival. Não é fácil lidar com dois problemas bucais ao mesmo tempo. No caso, dentes sensíveis e retração. Por isso, é essencial procurar tratamento o quanto antes e evitar os incômodos na hora de consumir qualquer alimento gelado ou quente.

Piercings na boca pioram o problema?

Verdade. Este acessório pode ser bem estiloso, mas seu uso acaba gerando problemas para a saúde bucal. Piercings na boca podem piorar a retração gengival. "O atrito do metal com a gengiva causa irritação e inflamação do tecido". Muitas vezes é até necessário abrir mão da joia.

Usar fio dental piora o quadro?

Mito. Pelo contrário, o uso do fio dental é essencial na prevenção da gengivite. Mas, assim como a escova dental, se o seu uso for inadequado, com força excessiva sobre a gengiva, pode causar retração. Passe a ferramenta entre os dentes com muito cuidado e evite problemas.

Retração gengival pode provocar perda dentária?

Mito. Max explica que a retração gengival, por si só, não causa a perda de um dente. Mas, por outro lado, ela pode facilitar a instalação de doenças gengivais inflamatórias, como a gengivite e a periodontite. Todos essas complicações não tratadas acabam levando a isso.

Retração causa mau hálito?

Verdade. Viver com mau hálito já é muito ruim, principalmente quando esse cheiro é causado por um doença bucal. A retração na gengiva pode influenciar esse problema. “Ela facilita o surgimento da gengivite pelo maior acúmulo de placa bacteriana na região afetada”. Este cenário de inflamação acaba causando o odor.